Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2018

A redistribuição dos rendimentos

1. Entre as receitas públicas, identifica e justifica:

a) A que agrava o volume da dívida;  Receitas creditícias, que resultam de meios financeiros fornecidos ao Estado por outros agentes económicos, através de recursos ao credito. O Estado pode não conseguir obter, a partir das taxas, dos impostos e das receitas patrimoniais, todos os rendimentos de que necessita para fazer face às despesas publicas.As contas correntes não devem depender destas, porque aumentam o valor da dívida pública.

b) A que pode significar redução da actividade do Estado na economia; Receita patrimonial, ocorre quando o Estado vende os seus patrimónios, e que negociam com os particulares.

c) A que deverá ser utilizada para financiar despesas correntes. Receitas coactivas,

2. Distingue políticas fiscais de políticas sociais.
As politicas fiscais traduzem-se na criação de impostos sobre bens, serviços e rendimentos. Politicas sociais tem a finalidade de atenuar as desigualdades sociais existentes entre os cidadãos, ga…

Salário nominal vs. Salário real – 2018

Imagem
1. Distingue salário nominal de salário real.

Salário nominal é o valor do trabalho expresso em moeda enquanto que salário Real é aquele que mede o poder de compra de um trabalhador expresso em bens e serviços.


2. Explica como o salário real varia com o (1) aumento da salário nominal e (2) a taxa de inflação.

 Se o salário nominal tiver um aumento superior ao da taxa de inflação então o salário real sobe;
Se o salário nominal e a taxa de inflação tiverem o mesmo aumento então o salário real se mantém , e se o salário nominal tiver um aumento inferior ao da taxa de inflação o salário real desce.


3. Relaciona as expressões “salário real” e “poder de compra”.

 O salário real aumenta o poder de compra.

4. Indica como se calcula o salário real.

Salário real =  Salário nominal / IPC *100

5. Explica o que significa “indexar os salários” à taxa de inflação.

Indexar os salários se atribui a taxa de inflação para que os salários subam ao ritmo da inflação, para evitar a perda do poder de compra.

6. Preenc…
Imagem
1. Observando a imagem do extinto DPP aquirefere como evoluiu a repartição do rendimento em Portugal no período 1990-95.
Em comparação à linha de igualdade absoluta, no período de 1990-1995 a curva. Quanto mais afastada da linha

2. Considerando a distribuição de rendimentos nos países C e D:
Ficheiro de ajuda
a) Calcula o rácio S80/S20;


b) Constrói o Gráfico com as Curvas de Lorenz;



c) Calcula os Coeficientes de Gini.

3. Interpreta os valores obtidos nas alíneas do ponto anterior.

4. Constrói uma tabela com os Coeficientes de Gini para 10 países da UE, considerando os dados de 2005-2015. Comenta a posição de Portugal relativamente aos restantes países que seleccionaste.

Repartição pessoal dos rendimentos: Leque salarial e Rendimento per capita

Imagem
1. Aponte algumas razões que podem conduzir a uma repartição do rendimento injusta, mesmo num mercado eficiente.







2. Distinga o rendimento pessoal do rendimento pessoal disponível.




3. Considerando uma nova distribuição do rendimento, calcula nos 3 países:

(Ficheiro de ajuda)


a) A percentagem do Rendimento Nacional que cabe ao trabalho (Repartição Funcional do Rendimento);
No país 1 é de 72%, no país 2 é de 53% e no país 3 é de 31%. 

b) Quantas vezes o salário máximo é maior que o salário mínimo (Leque salarial);
No país 1 é de 1/1,125, no país 2 é de 1/1,48485 e no país 3 é de 1/1,6. O salário é melhor distribuído no país 1.

c) Em que país o rendimento se encontra melhor distribuído? (considerando todos os 
rendimentos, ie., a Repartição Pessoal do Rendimento);
No país 1 é de 1/2,25, no país 2 é de 1/2,229 e no país 3 é de 1/8,798. O rendimento se encontra melhor no país 3, e no país 2 se encontra com maior desigualdade.

d) O Rendimento per capita.
R: 50%

e) Comente os resultados obtidos nas alín…

Repartição funcional dos rendimentos

Imagem
5. Organizaram-se os países da União Europeia em dois grupos contrastantes em termos dos ratings da dívida soberana:
Grupo Resgatados
Portugal (ainda lixo para a Moody's)
Itália (ainda lixo para a Moody's)
Grécia (lixo para qualquer agência de rating)
Espanha (recentemente era lixo)Grupo AAA ou quase
Alemanha
Suécia (Sweden)
França
Reino Unidoa) Indica a percentagem do PIB que cabe ao trabalho em cada país, utilizando os valores que se observam no Gráfico interactivo em 2016.

Portugal- 44.4%
Itália- 39.8%
Grécia- 33.6%
Espanha- 47.3%
Alemanha-51.1%
Suécia- 47%
França- 52.3%
Reino Unido-49.5%

b) Relaciona a repartição funcional do rendimento com o desenvolvimento dos países.
Verifica-se que os países do grupo AAA (ou quase) têm maior rendimento do que os países do grupo resgatados.Os países do grupo AAA tem maior poder de compra, e também as empresas podem produzir mais.

6. Constrói com os valores disponíveis no (Quadro A.1.3.4.1 - PIB a preços de mercado na ótica do rendimento (preços correntes; …

Repartição funcional dos rendimentos

1. Explicita o conceito de repartição primária dos rendimentos.
A repartição primária dos rendimentos corresponde aquilo que se paga pelos processos produtivos, ignorando a actividade do Estado. Os rendimentos primários são os salários, as rendas, os juros e os lucros.
2. Apresenta os cálculos efectuados para obter o salário mínimo geral mensalizado em 2018.




3. Refere o rendimento primário:
a) Mais comum;Salários
b) Que cabe aos proprietários; Rendas
c) Associado aos empréstimos; Lucros
d) Mais incerto. Juros

4. Calcula o juro resultante de uma aplicação de 500€ durante 5 anos, à taxa de juro (TANB) de 4%, pagando IRS à taxa de 28%.
NOTA: Apresenta os respectivos cálculos e a imagem obtida no Portal do Cliente Bancário.

A actividade produtiva e a formação dos rendimentos

1. Refere duas medidas políticas propostas pelo RDH2015 tendo em vista a redução das desigualdades de oportunidades
Formulação e implementação de estratégias de crescimento em prol das populações pobres. Essas estratégias implicariam a criação de trabalho nos sectores em que a maioria das populações pobres trabalha, melhorando o acesso das famílias carenciadas aos serviços sociais de base, como a saúde, educação, água potável e saneamento, e proporcionado acesso a recursos produtivos como inputs, crédito e finanças. Estas medidas podem também libertar o tempo despendido com trabalho não remunerado. Entre as outras opções contam-se os subsídios, as despesas específicas e os mecanismos de fixação de preços. Prestação de apoio complementar. Os serviços ligados ao marketing, os investimentos em infraestruturas físicas (especialmente nas zonas rurais), o alargamento dos serviços de extensão e das tecnologias de trabalho intensivo promovem a igualdade de oportunidades no trabalho. O setor …